Início » ALERTA: 227 mil brasileiros têm seus dados de cartões de crédito vazados!

ALERTA: 227 mil brasileiros têm seus dados de cartões de crédito vazados!

Cerca de 227 mil brasileiros tiveram seus dados de cartões de crédito vazados e estão à venda na dark web.
O Brasil é um dos maiores alvos de hackers, ocupa atualmente o 5º lugar dentro os países que mais sofrem com ataques cibernéticos.
Segundo a companhia de cibersegurança NordVPN existem 4 milhões de dados de cartões à venda neste momento na dark web e deste número, 227 mil são de brasileiros.
A bandeira MasterCard ocupa o primeiro lugar entre as bandeiras com informações roubadas seguida por Visa e Elo. Dentre os dados de cartões de crédito furtados, 131,9 mil eram MasterCard, 76,7 eram Visa e 4 mil Elo. Além desses números, a MasterCard continuou em primeiro lugar na função débito (cerca de 5,9 mil).

Como ocorreu o vazamento de dados

Os hackers utilizaram a técnica de ataque de força bruta, que consiste em quebrar senhas e criptografia por meio de tentativa e erro, para roubar os dados dos usuários.
Segundo Daniel Barbosa, pesquisador de segurança da ESET Brasil “Tem sido frequente a exposição de dados pessoais através do acesso a banco de dados, por isso é essencial adotar estratégias de proteção de informação para protegê-la de diversas formas, como por exemplo deixar apenas cartões de crédito temporários cadastrados em sites de compra e só realizar cadastro em sites confiáveis, para que você se sinta confortável em acreditar que eles protegerão suas informações.”
Vale ainda lembrar de alguns cuidados que podem dificultar esses vazamentos de dados e manter a segurança de dados bancários:
– Crie senhas fortes e diferentes para cada cartão;

– Confira regularmente os extratos de fatura;

– Não realize compras em sites suspeitos, verifique o URL para garantir que está navegando no site correto;

– Configure para receber mensagens em SMS ou e-mail sobre compras e demais movimentações em sua conta;

– Não compartilhe seus dados com terceiros
Ademais, é dever de cada banco investir em tecnologias e infraestrutura para garantir maior segurança para seus clientes como sistemas de autenticação, senhas mais fortes e ferramentas de prevenção de ataques como este.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.