• Infoprotect

10 problemas mais comuns em TI

O setor de tecnologia da informação é muito importante dentro de qualquer empresa, e por isso é necessário saber como lidar com os 10 problemas mais comuns em TI.


Dessa forma, o bom andamento de uma instituição não fica comprometido, afinal, essa é uma área que se relaciona com todas as outras dentro de uma empresa. Além disso, é importante que o setor de TI se mantenha atualizado e seja capaz de antecipar problemas que podem trazer resultados negativos.


Assim sendo, veja agora quais são os 10 problemas mais comuns em TI e as maneiras mais simples de resolvê-los! Entenda também, como eles afetam o bom desenvolvimento de diversos setores. Confira!


1- Conexão de má qualidade


Nos dias de hoje, é praticamente impossível encontrar uma empresa que não trabalhe com o uso da internet. Sendo assim, uma conectividade ruim prejudica o desempenho de todos da equipe.


Investir em bons equipamentos e planos de internet é essencial. Afinal, uma queda de conexão que perdure por mais do que alguns minutos já pode interferir negativamente nos resultados da empresa.


Sendo assim, é muito importante implementar um sistema de internet com boa velocidade e conectividade.


2- Desatualização de hardwares e softwares


É sempre bom ter em mente que os aparelhos tecnológicos que utilizamos possuem um período pré-determinado de vida útil. Isso significa que aparelhos muito antigos não vão apresentar um bom funcionamento.


Dessa forma, é essencial manter os computadores e demais aparelhos eletrônicos da empresa atualizados. Isso significa investir em equipamentos adequados, bem como manter os aplicativos de softwares atualizados.


3- Proteção contra falha de energia ineficiente


Uma queda de energia pode acarretar muitos problemas caso o sistema não esteja preparado para tal situação. Uma única falha no fornecimento de energia pode acabar danificando diversos aparelhos eletrônicos, causando um grande prejuízo.


Desta forma, é necessário contar com dispositivos de no-break, ou seja, produtos de proteção que contém uma bateria e que protegem equipamentos eletrônicos nesses casos. Ele funciona como uma fonte de alimentação em situações de queda de energia, evitando que os dispositivos queimem.


Além disso, é muito importante que os no-break sejam adquiridos de fornecedores confiáveis, e que sejam produtos de qualidade.


10 problemas mais comuns em TI: Pouco investimento em segurança


A cibersegurança é uma questão indispensável para o bom andamento de qualquer empresa que utilize algum sistema tecnológico. Um vazamento de dados pode acarretar problemas gigantes, por exemplo.


Por esse motivo, é essencial investir de forma efetiva na segurança dos dados. Dessa forma, é possível evitar que dados sigilosos de clientes, bem como de transações realizadas pela empresa acabem vazando.


Assim sendo, é importante contar com a ajuda de softwares de proteção, como os firewall. São eles que controlam a entrada e saída de dados, e apontam comportamentos suspeitos.


5- Backup falho e ineficiente


O backup de dados de uma empresa é algo muito importante, pois é o que assegura que o acesso a determinada informação possa acontecer. Perder dados pode ser algo irreversível e, além disso, extremamente prejudicial. Por isso, o ideal é criar na empresa uma rotina de backup, e mantê-lo sempre atualizado. Dessa forma, dados importantes não vão acabar se perdendo por acidente.


10 problemas mais comuns em TI: Equipe pouco qualificada


Um sistema de tecnologia da informação só é bom quando o profissional que o aplica também é. Isso significa que um trabalhador pouco qualificado também pode prejudicar a empresa.


Dessa forma, é necessário saber escolher profissionais verdadeiramente qualificados para trabalhar com o TI da empresa. Esses trabalhadores carregam um trabalho de responsabilidade alta. Assim sendo, é importante que eles tenham confiança e experiência no que estão fazendo.


É melhor investir em um profissional mais qualificado e mais caro, do que lidar com os problemas causados por um inexperiente.


7- Não ter uma estratégia para situações atípicas


Ninguém está livre de passar por uma situação atípica, e mesmo com todo o cuidado dos profissionais é possível se encontrar em uma situação de ataque de hackers, queda brusca de energia, entre outros.


Dessa forma, é importante saber como agir nessas situações, e isso é feito através de um plano de contingência. Ter uma estratégia para momentos de crise pode evitar que uma empresa fique inoperacional nesses casos.


Isso inclui a manutenção e armazenamento de dados em locais diversos, orçamento, sistemas de segurança mais avançados, etc.


8- Ignorar os avisos de atualizações disponíveis


Esse é um erro muito comum. Ignorar os avisos de atualização que aparecem no computador, ou simplesmente deixar para resolver depois é algo que muitas pessoas fazem no dia a dia.


Mas é importante saber que esses avisos aparecem por um motivo. É um sinal dado pelos fabricantes de que aquele produto agora apresenta algumas melhorias. Por isso, é interessante deixar tudo sempre atualizado.


9- Utilizar senhas fracas


Esse parece um erro bobo, mas ainda acontece muito. Mesmo com o termômetro de senhas que alguns sites apresentam, e que avisam quando uma senha é fraca, muitas pessoas ainda insistem em combinações simples demais.


Uma senha potente tem sim o poder de proteger os dados, afinal, elas são a primeira barreira de segurança. Por isso, é importante sempre utilizar senhas fortes. Se o problema for memorizar combinações difíceis, é possível fazer o uso de um gerenciador de senhas.


10 problemas mais comuns em TI: Não realizar manutenção preventiva


Está enganado quem pensa que um dispositivo só deve passar nas mãos de um técnico quando apresenta defeito. A manutenção preventiva é muito importante, justamente porque pode evitar que problemas ocorram.


É essencial realizar vistorias periodicamente, verificar a presença de vírus, fazer atualizações de softwares, backup de arquivos, entre outros procedimentos. Isso pode evitar grandes dores de cabeça no futuro! O recomendado é realizar esse procedimento uma vez a cada seis meses.

whatsapp-logo-icone.png