• Infoprotect

Como se proteger de ataques Phishing?

Em primeiro lugar, antes de saber como se proteger de ataques phishing, você precisa entender o que é esse problema. Esse termo foi escolhido, por ser parecido com a palavra “fishing”, onde a tradução significa pescar.


Ou seja, o phishing é uma prática de “pescar” informações. E isso pode ser feito através de um tipo de isca, que é lançada aos usuários. Desse mesmo modo, a pessoa que cai na armadilha, pode estar sujeita a golpes cibernéticos.


Esse tipo de ação é considerado um crime virtual. E esse ataque pode vir de uma forma bem disfarçada! Por isso, tantas pessoas caem nesses golpes, e é preciso estar atento aos ataques phishing.


Para ajudar a se proteger desses ataques cibernéticos, preparamos esse artigo com todas as informações sobre o tema. Nos próximos tópicos iremos abordar dicas de como se proteger, e por onde esses ataques podem ocorrer!




Por onde ocorrem os ataques Phishing?


Bem como mencionamos brevemente na introdução, esses ataques podem vir bem disfarçados. Na correria do dia a dia, muitas pessoas não se atentam no que estão clicando. Portanto, veja de onde podem vir os ataques, e fique em alerta!


Os crimes de phishing podem chegar através de:


● E-mails;


● SMS;


● Ligações telefônicas;


● Falso sites;


● E falsos pop-ups.


Com certeza ao ver essa lista, você já deve ter identificado que já passou por um phishing.

Os conteúdos das mensagens, ou até mesmo ligações podem ser variados. Porém, eles possuem uma característica comum: abordagem atrativa.


Além disso, despertam aquela sensação de “Isso é muito bom para ser verdade”. Ou seja, desconfie de algo desse tipo, ainda mais se for de um remetente desconhecido.


Porém, esses tipos de ataques podem sim vir disfarçados por nomes conhecidos. As mensagens podem vir de supostos:


● Bancos;


● Correios;


● Governo;


● Instituições financeiras;


● Etc.


Sendo assim, fique atento para não cair no golpe! Na dúvida, entre em contato pelo número ou site oficial da empresa. Quando a mensagem é enviada por e-mail ou SMS, podem pedir para clicar em algum link. E é aí que o golpe acontece.


Você pode ter dados da sua conta ou cartão violados, podem fazer transações financeiras em seu nome. Enfim, pode gerar grandes problemas!


Dicas de como reconhecer um Phishing


Definitivamente, essas iscas podem ser atraentes, porém, geram um grande problema. Então, para que você não caia nesse tipo de golpe, é preciso estar atento a algumas dicas.


Essas dicas, na grande maioria, são muito simples. Porém, são valiosas e ajudam a evitar ataques phishing no futuro! Veja como evitar esse problema.



● Você recebeu um e-mail com uma proposta boa demais. Ou até mesmo dizendo que você recebeu um brinde. Desconfie.


● Recebeu mensagens de um remetente conhecido, porém, você não conversa muito com essa pessoa. Cuidado! Na dúvida, entre em contato com a pessoa, mas não utilize esse e-mail que você recebeu a mensagem.


● Links externos: Muitas dessas mensagens vêm acompanhadas de links para você clicar. Sem clicar, você pode verificar o link passando o cursor por cima. Contudo, os criminosos procuram registrar domínios semelhantes aos originais.


● Mensagens com anexos suspeitos: É preciso ter cuidado, pois esses anexos podem conter malware e outras ameaças.


Dicas de como se proteger de ataques phishing.


Conforme explicamos acima, existem algumas maneiras de reconhecer um phishing. Dessa forma, já é possível se proteger desses ataques. Contudo, existem outras maneiras para se evitar esse problema. Confira!


● Em hipótese alguma, clique em um link que esteja em um e-mail que você desconhece. Agora, se você conhece bem a pessoa, e conversa constantemente com ela, provavelmente é um e-mail seguro.


● Não abra e-mails de remetentes que você não conhece.


● Cheque o certificado de um website.


● Ao invés de clicar no link, insira manualmente o endereço em seu navegador.


● Sites originais possuem no início o “HTTPS”, o “S” é seguro. Sites suspeitos podem ser dessa forma: “HTTP”. Contudo, mesmo sites originais não são totalmente seguros, pois podem ser vulneráveis a ataques de hackers.



De acordo com as dicas apresentadas acima, mesmo com todos esses cuidados é recomendado ter um software anti-malware. Pois assim, fica muito mais fácil de ser identificado quando um link ou anexo não é confiável.


Portanto, se possível, além de seguir com esses pontos de atenção. Invista em um software de segurança anti-malware. E dessa forma, você ficará seguro de ataques phishing!


Conheça os tipos de phishing.


Depois de apresentados como reconhecer e se proteger de um ataque cibernético como o phishing, você precisa conhecer os tipos. Sim, isso mesmo! Existem vários tipos de phishing, e eles geram grandes problemas.


Abaixo, confira os tipos de ataques phishing existentes:


1. Scam: São tentativas de induzir as pessoas a passar informações pessoais, como dados de conta, senhas do cartão etc. Isso pode ocorrer através de links ou até mesmo arquivos que estejam contaminados.


2. Spear phishing: Aqui é quando o ataque é voltado para um grupo específico. Que pode ser de uma pessoa específica, empresas, ou até mesmo o governo. Ele acessa o banco de dados, como arquivos confidenciais.


3. Blind Phishing: Ele está presente em disparos via e-mail em massa. Esse é o tipo mais comum.


4. Vishing: Esse é o tipo utilizado em mecanismos de voz. Podem vir em SMS. Por exemplo, você recebe a mensagem de que o cartão foi clonado, e precisa ligar para um determinado número.


5. Clone Phishing: Quando ocorre a clonagem de um site original, e assim, atrair os clientes. Como resultado, ao inserir seus dados em um formulário falso, as informações são passadas para os criminosos. E sem perceber, depois você é direcionado para o site original.


6. Whaling: Esse tipo de ataque visa os executivos, ou personalidades importantes. Como um CEO de uma empresa, por exemplo. Eles podem vir mascarados de intimações ou até mesmo notificações empresariais.


Conclusão


Em conclusão, é perceptível que esse tipo de ataque é prejudicial. Assim como para pessoas físicas tanto quanto para grandes empresas! Todavia, eles são tão bem mascarados, que o Brasil é líder em ataques virtuais.


Dessa forma, siga as dicas de cuidado e fique sempre alerta! E assim, você vai evitar grandes problemas, e proteger os seus dados de hackers que são especializados em ataques phishing!

12 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
whatsapp-logo-icone.png